“É com muito lamento que nos despedimos de um grande amigo.”

A diretoria do Centro Brasileiro de Referência em Inovações Tecnológicas para Esportes Paralímpicos – CINTESP.Br informa, com tristeza e profundo pesar, o falecimento do Professor Décio Roberto Calegari. O Prof. Décio, além de um excelente profissional, era uma pessoa muito querida e um grande amigo da diretoria e dos pesquisadores do CINTESP.Br. 

O Professor Décio Roberto Calegari, estava à frente de vários projetos do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e vinha atuando em parceria com o CINTESP.Br no desenvolvimento de um novo equipamento “Petra”, também denominando “Bike Running” que é uma nova modalidade do Esporte Paralímpico. 

O CINTESP.Br, através de ações de parceria com o CPB e o Prof. Décio, vem desenvolvendo um novo modelo com uma estrutura otimizada para o “Petra”, que tem o objetivo de auxiliar para a melhoria da performance dos atletas paralímpicos que praticam esta modalidade. 

Foto: Professor Décio Roberto Calegari, técnico da Seleção Brasileira de Petra Race Running do Comitê Paralímpico Brasileiro, Cleudmar A. Araújo, Diretor Geral do CINTESP.Br e Daniela M. Yoshida, Diretora de Relações Publicas em TA do CINTESP.Br. (Cerimônia da 9ª edição do Prêmio Paralímpico que aconteceu no dia 17 de dezembro 2019, em São Paulo). 

O CINTESP.Br deseja os mais sinceros sentimentos a todos os familiares e amigos do Prof. Décio.

O Comitê Paralímpico Brasileiro informou o falecimento do professor Décio Roberto Calegari :“…Décio faleceu na manhã desta terça-feira, 11, às 10h, no Espírito Santo, em decorrência de um infarto fulminante. (https://www.cpb.org.br/noticia/detalhe/2830/notadepesarfalecimentodoprofessordeciocalegari).

Graduado em Licenciatura em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná (1987), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Uberlândia (2002) e doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (2010). Foi coordenador nacional e técnico da Seleção Brasileira de Petra Race Running no Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e na ANDE – Associação Nacional de Desporto para Deficientes, professor adjunto da Universidade Estadual de Maringá, onde foi nomeado gestor do convênio UEM/CPB; presidente da Associação Brasileira de Handebol em Cadeira de Rodas de 2009 a 2018 e coordenador geral dos Jogos Paradesportivos do Paraná nas duas primeiras edições (2012/2013). 

No CPB, teve papel-chave em inúmeras iniciativas esportivas, com destaque para o projeto Paralímpicos do Futuro, uma das ações que deram origem às Paralimpíadas Escolares, atualmente o grande celeiro para descoberta de talentos no esporte paralímpico brasileiro. Atuou também na criação das Paralimpíadas Universitárias, em 2016, e desempenhava a função de Secretário Geral no evento. Décio também coordenava a Comissão Científica no Congresso Paradesportivo Internacional e no Seminário Regional Escolar, projetos da Academia Paralímpica Brasileira (APB) que tem como objetivo o fomento e o desenvolvimento da “Produção, divulgação e publicação Científica e Tecnológica” concernente ao esporte paralímpico.

Aos 54 anos, deixa esposa e duas filhas.”