O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) promoveu, em Brasília, a 17ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, com exposição de Tecnologias Assistivas em virtude do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, comemorado no último dia 3 de dezembro. A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) está sendo representada na exposição com 16 equipamentos que compõem o acervo do Centro Brasileiro de Referência em Inovações Tecnológicas para Esportes Paralímpicos (Cintesp.Br), que atua desde 2012 na universidade.

Voltado para apresentar soluções na área de Tecnologias Assistivas, aliadas ou não à Inteligência Artificial, com a exposição de equipamentos criados para todos que necessitam e, especialmente, para atletas paralímpicos, o evento aconteceu entre os dias 7 e 13 de dezembro. De antemão, o ministro Marcos Pontes, do MCTI, anunciou o lançamento do Centro Nacional de Tecnologias para Pessoas com Deficiência e Doenças Raras, que será sediado em Uberlândia. Estabelecido em uma parceria entre UFU, governo federal e o Grupo Algar Telecom, o novo espaço contemplará o desenvolvimento de tecnologias.

O Centro

Coordenadora-geral e diretora de Relações Públicas em Tecnologias Assistivas do Cintesp.Br, Daniela Moura afirma que o objetivo do Centro Nacional de Tecnologias para Pessoas com Deficiência e Doenças Raras é proporcionar um local dedicado à colaboração para autonomia, inclusão e qualidade de vida de todas as pessoas com deficiência ou com doença rara. “Vai trazer o desenvolvimento de Tecnologias Assistivas no esporte e também em termos de saúde, lazer e na vida diária das pessoas com deficiência ou doenças raras. E isso não apenas para a cidade de Uberlândia, mas como um centro para o país inteiro e, inclusive, capacitado até mesmo para trabalhar com ações internacionais”, comentou a gestora.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário